Itaú revisa projeção para o IPCA de fevereiro para 0,40%

02.12.2020

O Itaú revisou a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em fevereiro de alta de 0,45% para avanço de 0,40%. Para a equipe econômica do banco, os preços dos alimentos já contribuíram para desaceleração do IPCA-15 de fevereiro, que marcou alta de 0,53% ante avanço de 0,65% na leitura parcial […]

O Itaú revisou a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em fevereiro de alta de 0,45% para avanço de 0,40%. Para a equipe econômica do banco, os preços dos alimentos já contribuíram para desaceleração do IPCA-15 de fevereiro, que marcou alta de 0,53% ante avanço de 0,65% na leitura parcial anterior. A pressão menor dos alimentos e a perspectiva de continuidade de dissipação dos reajustes do transporte público devem permitir declínio adicional no mês fechado, afirmou a economista Laura Haralyi em nota.

A inflação de serviços, no entanto, continua a pressionar o índice. No IPCA-15 de fevereiro, o serviços responderam por 0,46 ponto da alta de 0,53%, muito devido ao aumento sazonal das mensalidades escolares e dos preços de serviços médicos e pessoais, notou a economista. Para o mês completo de fevereiro, a alimentação fora de casa deve pressionar um pouco menos, levando a ligeira queda da participação da alta de serviços na composição do índice para 0,4 ponto.

“A menor inflação no início deste ano em relação ao observado em 2011 tem permitido a rápida redução do IPCA acumulado em 12 meses”, afirmou o Itaú em relatório. No fim de março, a variação acumulada deve cair para 5,52%, projeta o banco.

Para março, o Itaú considera que começará a ser capturado o efeito do reajuste do salário mínimo no item empregado doméstico, o que pode pressionar o índice e é um risco para a inflação no ano.

Fonte: Valor Econômico

Notícias Relacionadas

Bancários querem mais contratações, fim das demissões e da precarização

Comando Nacional propõe maior equilíbrio entre dias trabalhados, com momentos de descanso e lazer, com redução da jornada para quatro dias; proposta pode aumentar produtividade e satisfação com o emprego O Comando Nacional dos Bancários se reuniu na manhã desta segunda-feira (27) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na segunda reunião de negociação da […]

Leia mais

Bancários negociam com Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (27)

Temas Emprego e Terceirização são os primeiros temas a serem discutidos A Campanha Nacional do Bancário, iniciada na última semana, segue hoje (27) com mais uma negociação. Federações, associações e representação sindical negociam com a Federação Nacional dos Bancos as pautas “Emprego e Terceirização”. Os temas foram definidos pelo Comando Nacional dos Bancários na última […]

Leia mais

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Sindicatos filiados