Itaú Unibanco confirma acordo para união com Corpbanca

29.01.2014

Por Daniela Machado | Valor SÃO PAULO – O Itaú Unibanco confirmou nesta quarta-feira um acordo para união das suas operações no Chile com o Corpbanca, assumindo o controle da instituição que será chamada de Itaú CorpBanca. Reportagem publicada hoje no Valor informa que o banco brasileiro acertava ontem à noite os detalhes finais da […]

Por Daniela Machado | Valor

Foto: Ana Paula Paiva/Valor

SÃO PAULO – O Itaú Unibanco confirmou nesta quarta-feira um acordo para união das suas operações no Chile com o Corpbanca, assumindo o controle da instituição que será chamada de Itaú CorpBanca. Reportagem publicada hoje no Valor informa que o banco brasileiro acertava ontem à noite os detalhes finais da operação, que lhe dará a posição de quarta maior instituição financeira no Chile.

Em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Itaú disse que a operação com o Corp Group criará “uma plataforma para crescimento e busca de novas oportunidades de negócios no setor financeiro no Chile, na Colômbia, no Peru e na América Central”.

A operação se dará por meio de um aumento de capital do banco Itaú Chile de US$ 652 milhões, a ser realizado pelo próprio Itaú Unibanco, ou uma de suas subsidiárias. O Itaú Chile será, então, incorporado pelo Corpbanca, com o cancelamento de suas ações e emissão de novas pelo CorpBanca, na proporção estimada de 85.420,07 ações do CorpBanca para cada ação do Itaú Chile.

As participações no banco resultante da incorporação, que será chamado de Itaú CorpBanca, serão de 33,58% para o Itaú Unibanco e 32,92% para o Corp Group.

Posteriormente, também haverá integração do Itaú BBA Colômbia às operações do Itaú CorpBanca ou de suas subsidiárias.

“Com sua concretização, o Itaú Unibanco passará da sétima para a quarta posição no ranking de maiores bancos do Chile em termos de empréstimos e ingressará no mercado colombiano de varejo financeiro através do banco CorpBanca Colômbia e do Helm Bank”, acrescentou no comunicado.

O Itaú Unibanco não estima efeitos contábeis relevantes dessa operação em seu resultado. A concretização do negócio está sujeita a algumas condições, incluindo assembleia de acionistas do CorpBanca e aprovações regulatórias no Brasil, no Chile e na Colômbia, além de outras jurisdições nas quais o CorpBanca tem atividades.

Fonte: Valor Econômico 

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados