Itaú

10.09.2019

Itaú paga PCR e PLR dia 20 Direito O Itaú Unibanco anunciou nesta segunda-feira (dia 9) que o Programa Complementar de Resultados (PCR) será pago no dia 20 deste mês de setembro junto com a primeira parcela da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e da Parcela Adicional. A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) prevê […]

Itaú paga PCR e PLR dia 20

Direito

O Itaú Unibanco anunciou nesta segunda-feira (dia 9) que o Programa Complementar de Resultados (PCR) será pago no dia 20 deste mês de setembro junto com a primeira parcela da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e da Parcela Adicional. A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) prevê o pagamento da PLR e da Parcela Adicional até a data citada acima (dia 20).

PCR
O PCR é um direito dos funcionários do Itaú Unibanco conquistado em 2003. Neste ano será pago o valor de R$ 2.900,00. Em relação ao valor pago em 2018, o reajuste equivale a 9%.

PLR: Fenaban
(Valores reajustados por 4,31% a partir de 1º de setembro deste ano)

Regra básica: 90% do salário reajustado, mais valor fixo de R$ 2.457,36.
Parcela Adicional: 2,2 do lucro líquido, divisão linear. Limite: R$ 4.914,72.

Antecipação/1ª parcela da PLR: 60% da regra básica. Ou seja, 54% do salário reajustado, mais valor fixo de R$ 1.474,42. Pagamento: dia 20 de setembro
Antecipação da parcela adicional: Divisão linear: 2,2 do lucro líquido/1º semestre de 2019, limitado a R$ 2.457,36. Pagamento: dia 20 de setembro.

Notícias Relacionadas

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Caixa afirma que contencioso é insignificante, mas dados disponíveis demonstram o oposto

Fonte: APCEF/SP com informações da Fenae Em uma live realizada nesta terça-feira (18), a Funcef (Fundação dos Economiários Federais) e a Caixa anunciaram que estão abordando o contencioso trabalhista. Segundo Leonardo Groba, diretor jurídico da Caixa, o contencioso atual estaria estimado em cerca de R$ 500 milhões, “não tem grandes proporções, mas a Caixa possui […]

Leia mais

Sindicatos filiados