Juros atuariais do PREVI Futuro passam para 5%a.a.

07.01.2013

Entrou em vigor no dia 2 de janeiro deste ano, a nova taxa de juros atuariais do Plano PREVI Futuro. Motivada pela redução de juros da economia brasileira, a alteração da taxa de 5,5% para 5% foi aprovada pelo Conselho Deliberativo em 14/12. Entenda os impactos da redução da taxa O benefício a ser pago […]

Entrou em vigor no dia 2 de janeiro deste ano, a nova taxa de juros atuariais do Plano PREVI Futuro. Motivada pela redução de juros da economia brasileira, a alteração da taxa de 5,5% para 5% foi aprovada pelo Conselho Deliberativo em 14/12.

Entenda os impactos da redução da taxa

O benefício a ser pago futuramente ao participante do PREVI Futuro é construído com base em três pilares: o tempo de contribuição para o plano, os níveis de contribuição e a expectativa de retorno dos investimentos. A alteração da taxa de juros atuariais envolve esse último item.

Como a economia do País passou a trabalhar com juros mais baixos, a expectativa de remuneração dos investimentos precisa ser adequada a metas realistas. Dessa forma, a Política de Investimentos de cada plano de benefícios considera a meta de juros atuariais e os três pilares mencionados na construção da macroalocação dos recursos de cada plano.

Benefícios futuros

Nos planos Contribuição Variável (CV), como é o caso do PREVI Futuro, taxas menores provocam queda nos benefícios programados quando de seu cálculo, devido ao menor retorno projetado. Dessa forma, a redução da taxa atuarial do PREVI Futuro de 5,5%a.a. para 5%a.a. reduz também a projeção do benefício futuro da Parte II do Plano e impacta diretamente os benefícios calculados a partir de janeiro de 2013.

Simule seu benefício

No Autoatendimento do site PREVI, está disponível o Simulador de Renda do PREVI Futuro. A partir de 2/1/2013, o simulador utilizará a nova taxa atuarial de 5%a.a. nas projeções dos cálculos do benefício futuro.

Redução da taxa atuarial impacta empréstimos e financiamentos

As operações, que já praticavam as menores taxas do mercado, ficam mais baratas para o participante.

Com a aprovação da redução da taxa de juros atuariais do Plano PREVI Futuro de 5,5% para 5% ao ano, as operações de Empréstimo Simples e de Financiamento Imobiliário contratadas pelos participantes do Plano PREVI Futuro passam a ter novas taxas a partir de 2/1.

Os sistemas estão sendo ajustados para contemplar as alterações e processar eventuais acertos nos saldos devedores.

Fonte: Previ

 

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados