Lucro do Grupo Santander salta e excede 1 bilhão de euros no trimestre

30.07.2013

Por Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais SÃO PAULO – O grupo espanhol Santander fechou o segundo trimestre com lucro líquido de 1,1 bilhão de euros, quase nove vezes acima o resultado obtido um ano antes, de 123 milhões de euros. No primeiro semestre de 2013, o ganho foi de 2,255 bilhões de euros, […]

Por Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais

SÃO PAULO – O grupo espanhol Santander fechou o segundo trimestre com lucro líquido de 1,1 bilhão de euros, quase nove vezes acima o resultado obtido um ano antes, de 123 milhões de euros. No primeiro semestre de 2013, o ganho foi de 2,255 bilhões de euros, alta de 29%.

Lucro do Santander Brasil no 2º tri supera estimativas

A necessidade de menor provisionamento e saneamento em comparação com 2012, quando foi limpa a carteira imobiliária na Espanha, influenciou no desempenho. Apesar disso, a taxa de inadimplência segue em alta, ficando em 5,18% no grupo e em 5,75% na Espanha após considerar como de difícil recebimento 2 bilhões de euros de financiamentos.

O executivo-chefe do Santander, Javier Marín, reiterou na apresentação dos resultados a analistas, que a entidade está em uma situação cômoda em relação a seus níveis de liquidez e solvência e que espera se sair bem nos testes de resistência e avaliação de ativos que se realizem. O banco não precisa de mais capital e mantém, por ora, sua política de dividendos.

Com relação ao lucro semestral, 56% do montante tem origem em economias emergentes e o restante, em economias maduras. Por país, a maior contribuição corresponde ao Brasil (25%), seguido por Reino Unido. Na terceira posição, aparecem México e Estados Unidos e na quarta, a Espanha. O lucro da instituição caiu na Espanha, no Brasil, no México, no Chile, nos Estados Unidos e no Reino Unido, mas teve aumento na Argentina, Uruguai, Porto Rico e Peru.

Notícias Relacionadas

Teletrabalho: CEE recusa proposta apresentada pelo banco

Proposta sobre teletrabalho retrocede e é prejudicial aos trabalhadores   A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal se reuniu ontem (16) com o banco para mais uma rodada de negociação. Na ocasião foi analisada a proposta sobre teletrabalho apresentada pelo Banco. Representantes dos trabalhadores recusaram a proposta e destacaram retrocesso e medidas […]

Leia mais

BB insiste em reduzir ciclos avaliatórios da GDP

Campanha Nacional O Banco do Brasil voltou a propor a redução dos ciclos avaliatórios da Gestão de Desempenho Profissional (GDP), durante a sétima rodada virtual de negociação da pauta específica com a Comissão de Empresa (CEBB), realizada nesta terça-feira, dia 16 de agosto. O banco quer apenas um ciclo avaliatório para descomissionar; o aditivo à […]

Leia mais

Financiários se reúnem com a Fenacrefi nesta quarta-feira (17)

Reunião será a primeira negociação da Campanha Nacional 2022 A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participa nesta quarta-feira (17), junto com demais representantes dos financiários, da primeira negociação da Campanha Nacional 2022, com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi). Inicialmente, […]

Leia mais

Sindicatos filiados