Mercantil do Brasil: Sindicato protesta em Campinas contra demissão em massa no RJ

06.07.2022

Por Sindicato dos Bancários de Campinas O Sindicato realizou nesta quarta-feira, 6 de julho, protesto contra demissão em massa nas agências do Mercantil do Brasil instaladas no Rio de Janeiro. Os diretores do Sindicato distribuíram carta aberta à população em três agências em Campinas: Glicério, Conceição e Barão de Jaguara. Depois de mais de 50 […]

Por Sindicato dos Bancários de Campinas

O Sindicato realizou nesta quarta-feira, 6 de julho, protesto contra demissão em massa nas agências do Mercantil do Brasil instaladas no Rio de Janeiro. Os diretores do Sindicato distribuíram carta aberta à população em três agências em Campinas: Glicério, Conceição e Barão de Jaguara. Depois de mais de 50 anos, o BMB encerrou as atividades no estado do RJ e demitiu todos os funcionários, incluindo aqueles com estabilidades provisórias de emprego.

Na carta intitulada “#QueVergonhaMercantil”, além das demissões, o Sindicato condena a pressão por metas, que resulta em assédio moral, e a alta rotatividade. E mais: exige melhorias na Participação nos Lucros e Resultados (PLR), valorização dos trabalhadores e melhores condições de atendimento.

Audiência no MPT

Em audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) realizada nesta terça-feira (5), com a participação do Sindicato do Rio de Janeiro, o Mercantil do Brasil disse que não vai rever as demissões e indenizará apenas casos de estabilidades pré-aposentadoria e de acidente de trabalho, que considerar necessário. O banco oferece 12 meses de plano de saúde, além do prazo previsto na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). O MPT sugeriu que o Sindicato apresente sua contraproposta. Os demitidos serão consultados pelo Sindicato.

Negociação: O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, no dia 8 de junho deste ano,  que as empresas são obrigadas a negociar com os sindicatos dos trabalhadores antes de promover demissão em massa.

Foto: Júlio César Costa

Notícias Relacionadas

Financiários conquistam proposta com reajustes econômicos e garantias de direitos

Feeb SP/MS indica aceitação da proposta; assembleias devem ser realizadas até segunda-feira (10) Depois de uma negociação que se estendeu por quase três meses, os financiários conquistaram a garantia de todos os direitos da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) por dois anos. Em negociação realizada na manhã desta quarta-feira (5), de forma híbrida, a Federação […]

Leia mais

Financiários se reúnem com a Fenacrefi nesta quarta-feira (5)

Este será o terceiro encontro de negociação desde a entrega da pauta de reivindicações, realizada em 1º de julho Representantes dos financiários se reúnem com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi), nesta quarta-feira (5), às 11h, para dar continuidade às negociações da Campanha Nacional 2022. Esta será a terceira rodada […]

Leia mais

Feeb SP/MS discute nova terceirização do Santander nesta terça-feira (4)

Nesta terça-feira (4), dirigentes sindicais da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) se reúnem para tratar sobre o tema “Terceirização do Santander”. A expectativa é a de que 1,7 mil empregados passem a atuar na empresa SX Tools, criada pelo próprio banco. O anúncio foi feito […]

Leia mais

Sindicatos filiados