Minuta entregue à Fenacrefi. Primeira rodada de negociação será dia 16 de julho

30.06.2014

A Feeb SP/MS (Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul) entregou nesta segunda-feira, 30, à Fenacrefi (Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento) a minuta de reivindicações dos financiários para a Campanha 2014/2015. As reivindicações dos trabalhadores foram aprovadas em assembleias realizadas pelos sindicatos filiados à Feeb SP/MS entre […]

A Feeb SP/MS (Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul) entregou nesta segunda-feira, 30, à Fenacrefi (Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento) a minuta de reivindicações dos financiários para a Campanha 2014/2015. As reivindicações dos trabalhadores foram aprovadas em assembleias realizadas pelos sindicatos filiados à Feeb SP/MS entre os dias 20 e 25 de junho.

Entre as principais reivindicações, reajuste salarial de 11,38%, que corresponde à reposição da inflação mais ganho real; unificação da data-base; e vale-cultura para todos os funcionários.

Estiveram na entrega do documento, representando a Feeb SP/MS, o diretor João Analdo e Walmir Gomes e, pela Fenacrefi, o presidente Domingos Espina e Carlos Marcondes. Participaram também representantes da BV Financeira, Santander e Bradesco. 

PLR

Será formada uma Comissão Paritária para discussão de um novo formato de PLR.

Negociação dia 16

A primeira rodada de negociação entre os representantes dos financiários e Fenacrefi está marcada para o dia 16 de julho, às 10h, na sede da entidade patronal.

Fonte: Feeb SP/MS 
 

Notícias Relacionadas

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Caixa afirma que contencioso é insignificante, mas dados disponíveis demonstram o oposto

Fonte: APCEF/SP com informações da Fenae Em uma live realizada nesta terça-feira (18), a Funcef (Fundação dos Economiários Federais) e a Caixa anunciaram que estão abordando o contencioso trabalhista. Segundo Leonardo Groba, diretor jurídico da Caixa, o contencioso atual estaria estimado em cerca de R$ 500 milhões, “não tem grandes proporções, mas a Caixa possui […]

Leia mais

Sindicatos filiados