Multas a bancos de Campinas ultrapassam R$ 350 mil

03.08.2012

O Procon de Campinas aplicou no primeiro semestre deste ano R$355 mil em multa contra as intituições financeiras da cidade. O montante é resultado de 1.155 processos individuais e coletivos propostos pelo consumidor contra diversos bancos e financeiras. De acordo com a diretora do Procon, Viviane Carvalho de Moura Belmomt, no caso dos processos individuais, […]

O Procon de Campinas aplicou no primeiro semestre deste ano R$355 mil em multa contra as intituições financeiras da cidade. O montante é resultado de 1.155 processos individuais e coletivos propostos pelo consumidor contra diversos bancos e financeiras. De acordo com a diretora do Procon, Viviane Carvalho de Moura Belmomt, no caso dos processos individuais, as reclamações mais comuns foram as cobranças de tarifas como de abertura de crédito , emissão de boleto , de cadastro , de renovação de cadastro , desconto indevido de cartão de crédito , cobrança em duplicidade e outras.

Já no caso das reclamações coletivas, a maioria diz respeito ao não cumprimento de leis municipais , como por exemplo, falta de sanitários e bebedouros nas agências bancárias , o tempo de permanencia nas filas e a falta de cartazes para atendimento preferencial. O relatório das reclamações do consumidor contra os bancos e financeiras, segundo a diretora do Procon, é resultado do multirão de decisões que foi desenvolvido ao longo do primeiro semestre. O relatório semestral com os dados sobre outros setores já está em fase de conclusão.

Fonte: CBN

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados