Negociação hoje com BB não avança

14.09.2012

Crédito: Jailton Garcia – Contraf Não resultou em nenhum avanço a rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e o Banco do Brasil, realizada na tarde desta sexta-feira, dia 14. A negociadora do Banco, Aurea Faria Martins, se limitou em afirmar que o BB não estava preparado para dar resposta. Quer dizer, reivindicações […]

Crédito: Jailton Garcia – Contraf

Não resultou em nenhum avanço a rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e o Banco do Brasil, realizada na tarde desta sexta-feira, dia 14. A negociadora do Banco, Aurea Faria Martins, se limitou em afirmar que o BB não estava preparado para dar resposta. Quer dizer, reivindicações como Plano de Cargos e Carreiras, Jornada de 6h para todos e Programa de Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho/assédio moral, por exemplo, permanecem sem contraproposta do Banco do Brasil. “Essa postura do BB, no mínimo, é curiosa. Como agendar uma nova rodada e não apresentar na mesa nenhuma contraproposta? Então, que não fosse marcada. É desrespeito puro”, avalia o secretário-geral da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul e integrante do Comando, Jeferson Boava. Segundo ele, a negociadora Aurea apenas informou que o Banco aceita estender a licença do trabalho em caso de falecimento de padrasto/ madrasta/enteada, redução da trava no CABB (central de Atendimento) de 24 meses para 18 meses, e inscrição para remoção automática sem descomissionamento.

Diante do impasse, o secretário-geral da FEEB-SP/MS cobrou do BB quando seria apresentada efetivamente a contraproposta. “A negociadora não soube também informar nada. A greve a partir do dia 18 será a nossa resposta a tanta enrolação. Com forte mobilização será possível quebrar essa resistência do BB, que não negocia com seriedade”.

Notícias Relacionadas

Campanha Nacional: Combate ao Assédio Moral volta a ser negociado com Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)

Bancos negam que causa de adoecimento está relacionada à cobrança de metas O Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (15), para mais uma negociação. O combate ao assédio moral foi novamente tema do debate. Apesar de mais uma vez os bancos negarem que a causa do adoecimento […]

Leia mais

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Sindicatos filiados