Paralisações em três agências marcam Dia de Luta no Itaú, em Campinas

10.06.2014

O Dia Nacional de Luta no Itaú, hoje (10/06), foi marcado na base do Sindicato dos Bancários de Campinas com manifestação na agência de negócios Fórum (Av. Francisco Glicério esquina com Av. Campos Salles), em Campinas, que está paralisada desde o dia 19 de maio último em protesto contra a falta de segurança. A exemplo […]

Foto: Júlio César Costa

O Dia Nacional de Luta no Itaú, hoje (10/06), foi marcado na base do Sindicato dos Bancários de Campinas com manifestação na agência de negócios Fórum (Av. Francisco Glicério esquina com Av. Campos Salles), em Campinas, que está paralisada desde o dia 19 de maio último em protesto contra a falta de segurança.

A exemplo da Fórum, a agência de negócios Bernardino de Campos, em Itapira, paralisou os serviços no mesmo dia 19 e continua. Já a agência de negócios Botafogo (Av. Barão de Itapura), em Campinas, foi a primeira a paralisar os serviços contra a retirada da porta giratória com detector de metais e suspensão do serviço de vigilante; o protesto teve início no dia 13 de maio passado e a agência permanece fechada. Inclusive a juíza Roberta Confetti Gastsios Amstalden, da 4ª Vara do Trabalho de Campinas, concedeu no dia 29 de maio antecipação de tutela em ação ingressada pelo Sindicato, determinando que o Itaú reinstale porta de segurança com dispositivo detector de metais e reative o serviço de vigilantes na agência Botafogo no prazo de 20 dias. Em sua sentença, a juíza estabelece multa de R$ 50 mil por dia, a ser revertida ao Centro Corsini de Campinas, caso o Itaú descumpra a determinação no prazo estabelecido.

A decisão do Itaú em retirar porta de segurança das agências de negócios, sob o argumento que não circula dinheiro em espécie, desrespeita a lei municipal nº 7.605 (de 09/09/1993), em Campinas. E a suspensão do serviço de vigilante fere a lei federal nº 7.102, que trata da segurança em estabelecimentos financeiros e do serviço de vigilância. Isso porque o Itaú mantém nesse novo modelo de agências os caixas eletrônicos.

LEIA TAMBÉM:
Justiça manda Itaú reinstalar porta de segurança e serviço de vigilante na agência Botafogo, em Campinas
Federação e sindicatos cobram do Itaú suspensão imediata das agências de negócios 

Jairo Gimenez – Sindicato dos Bancários de Campinas

Notícias Relacionadas

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Caixa afirma que contencioso é insignificante, mas dados disponíveis demonstram o oposto

Fonte: APCEF/SP com informações da Fenae Em uma live realizada nesta terça-feira (18), a Funcef (Fundação dos Economiários Federais) e a Caixa anunciaram que estão abordando o contencioso trabalhista. Segundo Leonardo Groba, diretor jurídico da Caixa, o contencioso atual estaria estimado em cerca de R$ 500 milhões, “não tem grandes proporções, mas a Caixa possui […]

Leia mais

Sindicatos filiados