Piracicaba: Ações do Sindicato garantem informações aos bancários sobre reestruturação do BB

28.11.2016

Semana de Ações e Mobilizações contra o Plano de Reestruturação do BB, começa com paralisações em três cidades da base: Cerquilho, Laranjal Paulista e Tietê Trabalhadores do Banco do Brasil das cidades de Tietê, Cerquilho e Laranjal Paulista aderiram fortemente à ação do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, que tem como objetivo mobilizar […]

Semana de Ações e Mobilizações contra o Plano de Reestruturação do BB, começa com paralisações em três cidades da base: Cerquilho, Laranjal Paulista e Tietê

Trabalhadores do Banco do Brasil das cidades de Tietê, Cerquilho e Laranjal Paulista aderiram fortemente à ação do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, que tem como objetivo mobilizar os bancários em razão da reestruturação imposta pela governo federal. A atividade faz parte da Semana de Mobilização organizada pelo Sindban, que prevê ainda ações nas cidades de Piracicaba, Capivari, Rio das Pedras e São Pedro, cidades que tem previsão para fechamento de agências.

As mobilização foram definidas na última semana após a direção nacional do Banco do Brasil anunciar, em pleno domingo e através do programa Fantástico, da Rede Globo, as mudanças que devem atingir mais de 400 agências em todo o país. Além do fechamento de agências, estão previstas redução de dotações orçamentárias para as remanescentes, mudanças nas nomenclaturas de funções, redução de cargas horárias com redução de vencimentos.

A ação mais contundente da reestruturação e que tem sido foco da Semana de Mobilização do Sindban é quanto ao PEAI (Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada), através da qual a instituição pretende reduzir drasticamente o número de servidores, acentuando a precarização do atendimento e das condições de trabalho dos bancários.

Neste primeiro dia de ações na região, segundo avaliação do Sindban, a adesão dos bancários é maciça. José Antonio Fernandes Paiva, presidente do Sindicato, atribui à forma definida pelo Banco do Brasil de anunciar as mudanças como crucial para o interesse do bancário nas informações. Logo após o anúncio, a FEEB (Federação dos Bancários dos Bancários do Estado de São Paulo e Matogrosso do Sul) se mobilizou e se reuniu com a direção do banco, pedindo a prorrogação do prazo de adesão ao PEAI, o que não foi aceito pelos banqueiros. “Por isso, e após reunião na FEEB-SP/MS com todos os sindicatos da base dos dois estados, foram definidas ações integradas para orientar os bancários a fim de que não tomem decisões precipitadas ou baseadas apenas na informação de interesse da direção do banco”, explicou Paiva.

AÇÃO EM PIRACICABA – Amanhã (29), a ação do Sindban acontece nas três unidades do Banco do Brasil previstas para serem fechadas, segundo o plano de reestruturação: Vila Rezende, Santa Teresinha e Paulista. Paiva informa que, além do objetivo de esclarecer os bancários, a intenção é também levar à sociedade o caminho evidente de preparar o Banco do Brasil para uma privatização. “Banco do Brasil e Caixa Federal são bancos com vocações sociais, que impulsionam programas importantes de incentivo à habitação, à agricultura, à educação. Ficam claras as sinalizações para mudar este foco de atuação, em prejuízo ao trabalhador bancário e a todo país”, afirma.

No dia 2 de dezembro, a FEEB-SP/MS reúne-se novamente com o banco, a fim de aprofundar-se em todas as questões em consequência da reestruturação.

Fonte: Valéria Rodrigues – Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região

 

Notícias Relacionadas

SANTANDER: Banco anuncia avanços em reunião com representantes dos funcionários

Negociações com a COE avança em medidas de benefício e capacitação O Santander anunciou nesta quinta-feira (22), durante a reunião com representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE) Santander, avanços em medidas que beneficiam os funcionários. O encontro ocorreu em formato híbrido e contou com a participação de representantes dos funcionários e do banco. […]

Leia mais

BB prioriza diversidade na expansão das Gepes

Mulheres, negros, indígenas e PcDs terão prioridade no programa que irá dobrar a rede de Gestão de Pessoas O Banco do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (21), um programa de expansão da rede de Gestão de Pessoas (Gepes). Durante a reunião com membros da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco […]

Leia mais

COE do Bradesco discute reestruturação no banco

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem […]

Leia mais

Sindicatos filiados