Piracicaba: Após incêndio, Sindban atua para transferência de bancários

28.11.2016

Agência do Santander da XV de Novembro pegou fogo na sexta-feira, 25. Ainda hoje, cheiro forte era risco à saúde dos bancários Vinte e um bancários do Santander da rua XV de Novembro foram transferidos nesta manhã (28) para a agência da rua Moraes Barros, após ação das Secretaria de Saúde e Condições do Trabalho […]


Agência do Santander da XV de Novembro pegou fogo na sexta-feira, 25. Ainda hoje, cheiro forte era risco à saúde dos bancários

Vinte e um bancários do Santander da rua XV de Novembro foram transferidos nesta manhã (28) para a agência da rua Moraes Barros, após ação das Secretaria de Saúde e Condições do Trabalho e Jurídica do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região. Na sexta-feira, um foco iniciado na sala dos vigilantes provocou um incêndio e o cheiro e vestígios ainda era forte nesta segunda-feira. Os motivos do incidente ainda serão investigados.

A ação do Sindban foi rápida para garantir que os bancários não fossem prejudicados em sua saúde por inalarem o forte cheiro de fumaça. As diretoras Olívia Brossi (Saúde) e Teresinha Altarugio (Jurídica) visitaram a agência para solicitar a gerência geral providências para a retirada dos trabalhadores. Além dos bancários, atuam na agência duas faxineiras e três vigilantes. “A compreensão do problema foi imediata e a agência da rua Moraes já absorveu os funcionários”, disse Olívia. “Caso o problema seja resolvido, os bancários retornam à agência de origem ainda hoje, mas se for necessário, permanecerão na nova agência até que se tenha segurança para todos”, explicou Teresinha. O Sindban foi atendido pela gerente geral Silvia Maura Aneli Stella.

A agência Santander da rua XV de Novembro permanecerá fechada até que seja possível recepcionar os trabalhadores com todas as condições necessárias de preservação à saúde dos bancários e, também, dos clientes. Os caixa eletrônicos também estão fechados.

Saúde – Uma das tarefas do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região é garantir, na prática, as cláusulas sociais do Acordo Coletivo formalizado entre a categoria e os banqueiros. A garantia das condições do ambiente é um dos temas relevantes dos acordos, que vão muito além das cláusulas financeiras. Nas negociações anuais que acontece na data base da categoria bancária, em setembro, o Sindban de Piracicaba é contundente na defesa das cláusulas atuais. A manutenção destes benefícios dependem cada vez mais da participação dos bancários junto à entidade.

Segundo José Antonio Fernandes Paiva, presidente do Sindicato dos Bancários, ações que parecem simples como a de garantir a transferência dos bancários de uma agência a outra, devido aos vestígios do incêndio, são possíveis porque no passado foram feitas discussões entre Sindicatos e banqueiros para regulamentar as ações. “Somos trabalhadores de um setor altamente competitivo que, pela lucratividade, busca sempre adequações que podem prejudicar o trabalhador. Estamos atentos e esta é nossa função, garantir também o bem estar do trabalhador bancários”.

Fonte: Valéria Rodrigues – Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região
 

Notícias Relacionadas

SANTANDER: Banco anuncia avanços em reunião com representantes dos funcionários

Negociações com a COE avança em medidas de benefício e capacitação O Santander anunciou nesta quinta-feira (22), durante a reunião com representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE) Santander, avanços em medidas que beneficiam os funcionários. O encontro ocorreu em formato híbrido e contou com a participação de representantes dos funcionários e do banco. […]

Leia mais

BB prioriza diversidade na expansão das Gepes

Mulheres, negros, indígenas e PcDs terão prioridade no programa que irá dobrar a rede de Gestão de Pessoas O Banco do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (21), um programa de expansão da rede de Gestão de Pessoas (Gepes). Durante a reunião com membros da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco […]

Leia mais

COE do Bradesco discute reestruturação no banco

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem […]

Leia mais

Sindicatos filiados