Projeto-piloto de segurança bancária avança

10.12.2012

O projeto-piloto de segurança bancária avançou durante a reunião do grupo de trabalho, integrado por dirigentes sindicais e representantes dos Bancos, realizada no último dia 27, na sede da Fenaban, em São Paulo. Os Bancos concordaram em incluir novos procedimentos, como guarda-volumes no autoatendimento das agências, câmaras internas nos postos de atendimento bancário (PABs) e […]

O projeto-piloto de segurança bancária avançou durante a reunião do grupo de trabalho, integrado por dirigentes sindicais e representantes dos Bancos, realizada no último dia 27, na sede da Fenaban, em São Paulo.

Os Bancos concordaram em incluir novos procedimentos, como guarda-volumes no autoatendimento das agências, câmaras internas nos postos de atendimento bancário (PABs) e local específico para estacionamento de carro-forte para abastecimento das unidades. Eles também propuseram a formação de um grupo bipartite, com reuniões trimestrais, para acompanhar a evolução do projeto-piloto, cujo prazo de duração não será menor que um ano.

A Fenaban anunciou a extensão do projeto-piloto para as cidades de Olinda e Jaboatão dos Guararapes, conforme negociado na Campanha 2012. Na primeira rodada de negociação com o Comando Nacional dos Bancários, ocorrida no dia 7 de novembro, os Bancos haviam apontado somente Recife. Além disso, propuseram a instalação de portas de segurança com detectores de metais depois do autoatendimento, biombos em frente aos caixas e câmeras internas e externas nas agências. Outra medida anunciada foi a redução das tarifas de transferência (DOC e TED) nos caixas para o mesmo valor cobrado via internet, bem como a diminuição do limite do TED, passando agora de R$ 3 mil para R$ 2 mil e a partir de março de 2013 para R$ 1 mil.

O representante da Federação dos Bancários de SP e MS, Julio Cesar Machado afirma que os representantes do bancários concordaram com o Projeto Piloto pelo curto espaço de tempo que a Fenaban tem para sua implantação, porém continuarão críticos em relação aos pontos importantes e básicos para a segurança bancária. O Comando Nacional, inclusive, apresentou aos banqueiros um conjunto de reivindicações da categoria, veja abaixo. 

Propostas dos bancários:

– implantação do projeto-piloto em agências e postos de atendimento bancário.

– porta de segurança com detector de metais antes do autoatendimento.

– câmeras internas e externas com monitoramento em tempo real fora do local controlado.

– vidros blindados nas fachadas externas.

– biombos opacos entre a fila e a bateria de caixas.

– divisórias opacas entre os caixas, inclusive os eletrônicos no autoatendimento.

– mais funcionários nos caixas para reduzir as filas e evitar a ação de olheiros.

– isenção das tarifas de transferência de recursos (DOC, TED).

– fim da guarda das chaves pelos bancários para evitar sequestros.

– abertura e fechamento das agências e postos por empresas de segurança para combater sequestros.

– presença de vigilantes em toda jornada de trabalho dos bancários.

– guarda-volumes antes da porta de segurança para evitar constrangimento de clientes.

– abastecimento dos caixas eletrônicos no autoatendimento na parte traseira e em local fechado.

– escudo com assento para vigilantes nas agências e postos de atendimento.

– local específico para estacionamento do carro-forte para abastecimento das unidades.

Notícias Relacionadas

SANTANDER: Banco anuncia avanços em reunião com representantes dos funcionários

Negociações com a COE avança em medidas de benefício e capacitação O Santander anunciou nesta quinta-feira (22), durante a reunião com representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE) Santander, avanços em medidas que beneficiam os funcionários. O encontro ocorreu em formato híbrido e contou com a participação de representantes dos funcionários e do banco. […]

Leia mais

BB prioriza diversidade na expansão das Gepes

Mulheres, negros, indígenas e PcDs terão prioridade no programa que irá dobrar a rede de Gestão de Pessoas O Banco do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (21), um programa de expansão da rede de Gestão de Pessoas (Gepes). Durante a reunião com membros da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco […]

Leia mais

COE do Bradesco discute reestruturação no banco

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem […]

Leia mais

Sindicatos filiados