Quadrilha explode caixas eletrônicos do BB e Santander na região de Sorocaba

07.03.2013

Uma quadrilha explodiu dois bancos no centro de Iperó na madrugada desta quarta-feira (7). A primeira agência foi a do Banco do Brasil, na avenida Paulo Antunes Moreira, e a segunda, do Santander, na rua Santo Antônio. As agências estão a uma quadra uma da outra. A quantia levada pelos criminosos não foi informada. Segundo […]

Uma quadrilha explodiu dois bancos no centro de Iperó na madrugada desta quarta-feira (7). A primeira agência foi a do Banco do Brasil, na avenida Paulo Antunes Moreira, e a segunda, do Santander, na rua Santo Antônio. As agências estão a uma quadra uma da outra. A quantia levada pelos criminosos não foi informada. Segundo a Polícia Militar de Iperó, o bando explodiu sete caixas eletrônicos e levaram três. Também foi aberto o cofre da primeira agência. Ninguém foi preso. Os bandidos deixaram uma banana de dinamite e uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) teve que ser chamado para retirar e neutralizar o explosivo.

O ataque aos caixas eletrônicos aconteceu por volta das 3h. Um Gol prata parou em frente ao pelotão da PM, gerando desconfiança. Poucos segundos depois houve o estrondo da primeira explosão e a carro saiu em disparada. Os PMs não conseguiram alcançá-lo. Disparos de armas de fogo foram ouvidos por moradores, mas ninguém ficou ferido.

Um Ford Ecosport roubado no dia 2, na avenida Itavuvu, em Sorocaba, foi encontrado próximo às agências, de manhã. "As explosões foram simultâneas. Para uma ação deste porte, acredito que tenham participado 20 pessoas", considera o tenente da PM Vilmar Duarte Maciel.

O autônomo Claudemir Padilha, 50 anos, acordou no meio da madrugada com os tiros. "Estava com sono, pensei que fossem bombinhas". Claudemir conta que ouviu cinco disparos, mas não percebeu o barulho da explosão. "Fui o único da minha família a acordar". O fresador Eliseu Laurindo da Silva, 34, é cliente do Banco do Brasil e está assustado. "Hoje (quarta-feira) é dia de pagamento. Agora vou ter que ir a Boituva quando precisar de algum serviço bancário."

A agência do Banco do Brasil é vizinha de dois imóveis e tem uma moradia no piso superior. Os vizinhos não foram afetados, mas a residência sim. Não havia ninguém no momento da explosão.

Diretores do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região estiveram presentes nas agências explodidas para averiguar a situação e tomar as providências cabíveis.

Outros casos

Este é o terceiro caso de ataque a caixas eletrônicos em Iperó em três meses, todos com ações semelhantes. Três pessoas foram presas após um roubo, em dezembro. No Carnaval, a agência do Bradesco foi invadida durante a madrugada e uma banana de dinamite também ficou no local.

Fonte: Seeb Sorocaba

Notícias Relacionadas

Bancários negociam com Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (27)

Temas Emprego e Terceirização são os primeiros temas a serem discutidos A Campanha Nacional do Bancário, iniciada na última semana, segue hoje (27) com mais uma negociação. Federações, associações e representação sindical negociam com a Federação Nacional dos Bancos as pautas “Emprego e Terceirização”. Os temas foram definidos pelo Comando Nacional dos Bancários na última […]

Leia mais

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Sindicatos filiados