Santander: Sindicatos da Feeb SP/MS participam de Dia de Luta contra demissões e fechamento de agências

07.06.2023

Campanha em defesa aos funcionários, clientes e usuários aconteceu de forma presencial e pela internet Sindicatos filiados à Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso participaram nesta terça-feira (6) do Dia de Luta em combate às demissões e ao fechamento de agências, política adotada pelo banco Santander, que tem causado sobrecarga de trabalho, […]

Campanha em defesa aos funcionários, clientes e usuários aconteceu de forma presencial e pela internet

Sindicatos filiados à Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso participaram nesta terça-feira (6) do Dia de Luta em combate às demissões e ao fechamento de agências, política adotada pelo banco Santander, que tem causado sobrecarga de trabalho, adoecimento e comprometimento nos atendimentos aos clientes.

Os protestos foram realizados em todo o país. Bases sindicais da Feeb SP/MS participaram por meio de manifestação presencial, com visitas nas agências e unidades de atendimento e nas redes sociais, com por meio de um tuitaço e do compartilhamento de conteúdos com o uso da hashtag #SeLigaSantander. O assunto esteve entre os mais comentados do dia.

No presencial, dirigentes visitaram unidades e dialogaram com funcionários, clientes e usuários. A piora no atendimento causada pelo fechamento de agências, demissão e redução dos empregados foi apontada durante as abordagens.

O objetivo da campanha foi denunciar à sociedade o desrespeito do banco espanhol com seus funcionários e clientes e usuários no Brasil.

Confira Carta Aberta entregue ao público.

Assédio

O movimento sindical protestou ainda contra o adoecimento de trabalhadores, em função do aumento da pressão e do assédio moral para atingimento das metas.

“Muitos bancários tem adoecido em razão da sobrecarga de trabalho, tendo em vista a redução do quadro e o aumento da cobrança de metas. Além disso, o medo de ser demitido a qualquer momento somatiza e agrava ainda mais o estado de saúde do funcionário. O Santander precisa mudar essa política e pra isso é que lutamos”, explica Patrícia Bassanin, representante da Feeb SP/MS.

Confira imagens da atividade nas bases sindicais representadas pela Feeb SP/MS.

 

Notícias Relacionadas

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Bancários se preparam para Conferência Nacional da categoria

Consulta aos trabalhadores nas bases sindicais de todo o país e conferências estaduais e regionais servirão de subsídio para os debates nacionais que levarão à construção da pauta de reivindicações e da estratégia da Campanha Nacional 2024 Bancárias e bancários de todo o país se reúnem, em São Paulo, entre os dias 4 e 9 […]

Leia mais

Lucro da Caixa cresceu 49% no 1º trimestre de 2024

Com 1,56 milhão de novos clientes e 168 empregados a menos no quadro de pessoal, aumenta também a sobrecarga A Caixa Econômica Federal anunciou na noite de quarta-feira (15) um lucro líquido recorrente de R$ 2,88 bilhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 49,1% em comparação ao mesmo período de 2023 e de 0,5% em relação […]

Leia mais

Sindicatos filiados