Secretário Geral da Federação defende unidade na abertura do 23° Congresso do BB

06.12.2020

O Secretário Geral da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Jeferson Boava, defendeu a bandeira da unidade na luta, durante abertura do 23º Congresso dos Funcionários do Banco do Brasil, que aconteceu no início da noite desta sexta-feira, dia 15, em Guarulhos. Jeferson disse que “neste momento, quando a Campanha […]

O Secretário Geral da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Jeferson Boava, defendeu a bandeira da unidade na luta, durante abertura do 23º Congresso dos Funcionários do Banco do Brasil, que aconteceu no início da noite desta sexta-feira, dia 15, em Guarulhos. Jeferson disse que “neste momento, quando a Campanha Nacional está na ordem do dia, devemos ter unidade de ação; ou seja, equacionar as possíveis divergências e focar na ampliação e garantia de direitos de todos os funcionários. Devemos também defender um Banco para o Brasil, para os brasileiros e bancários, responsáveis pelo destacado papel dessa instituição financeira pública e secular”.

O 23º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, organizado pelo Comando Nacional dos Bancários, se estende até domingo, dia 17. O evento, que está sendo realizado no Hotel Slaviero, em Guarulhos, conta com participação de mais de 300 delegados.

O Congresso, que tem como slogan "BB público de verdade – Para o Brasil e os bancários", irá debater e definir a pauta específica e o papel do BB.

Veja os grupos temáticos e a programação.

Grupos temáticos
Os delegados irão compor quatro grupos temáticos para discutir especificamente os seguintes temas:
G1 – Remuneração e condições de trabalho;
G2 – Saúde e Previdência;
G3 – Organização do Movimento;
G4 – Banco do Brasil e o Sistema Financeiro Nacional.

Programação

Sábado (16)
MANHÃ
10h – Análise de conjuntura (Dieese)
11h15 – leitura e aprovação do regimento interno
11h45 – Apresentação das teses
13h às 15h – Almoço

TARDE
15h às 18h – Reunião de grupos:
1 – Remuneração e condições de trabalho;
2 – Saúde e Previdência;
3 – Organização do movimento;
4 – Banco do Brasil e o SFN.
Domingo (17)
10h às 13h – Deliberações finais
13h às 14h – Almoço 

Domingo (17)

10h às 13h – Deliberações finais
13h às 14h – Almoço

* Com informações do SEEB Campinas


Notícias Relacionadas

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Caixa afirma que contencioso é insignificante, mas dados disponíveis demonstram o oposto

Fonte: APCEF/SP com informações da Fenae Em uma live realizada nesta terça-feira (18), a Funcef (Fundação dos Economiários Federais) e a Caixa anunciaram que estão abordando o contencioso trabalhista. Segundo Leonardo Groba, diretor jurídico da Caixa, o contencioso atual estaria estimado em cerca de R$ 500 milhões, “não tem grandes proporções, mas a Caixa possui […]

Leia mais

Sindicatos filiados