Seeb S.J.Campos: MPT manda CEF afixar notificação sobre assédio moral

09.10.2020

O Ministério Público do Trabalho [MPT] determinou que a Caixa Econômica Federal afixe nos quadros de aviso de todas as agências do Vale do Paraíba, durante três meses, uma Notificação Recomendatória, onde o órgão público explica o que é assédio moral. O MPT orienta ainda que a CEF crie canais para receber denúncias de assédio […]

O Ministério Público do Trabalho [MPT] determinou que a Caixa Econômica Federal afixe nos quadros de aviso de todas as agências do Vale do Paraíba, durante três meses, uma Notificação Recomendatória, onde o órgão público explica o que é assédio moral. O MPT orienta ainda que a CEF crie canais para receber denúncias de assédio moral, bem como implante política específica sobre o tema, promovendo palestras e semanas de conscientização. O MPT destaca ainda que qualquer orientação deve observar que, em hipótese alguma, a vítima de assédio moral pode sofrer represálias em decorrência de denúncia ou solicitação de providências. A CEF tem prazo de 30 dias para se adequar às determinações do MPT, sob pena de medidas administrativas e judiciais.

A determinação do MPT é resultado de audiência realizada recentemente, onde o procurador do Trabalho, Luiz Carlo Michele Gabre, debateu com o diretor do sindicato Marcus Vinicius Palmeira estratégia de atuação coordenada em casos de LER/DORT, não emissão de CAT [Comunicação de Acidente de Trabalho], metas abusivas, jornada excessiva e, principalmente, a questão do assédio moral na CEF. A audiência no MPT contou ainda com a participação do advogado do sindicato, André Vinicius de Moraes Sampaio.

Antes da audiência, no início deste mês de setembro, o sindicato realizou reunião com 25 empregados da CEF. Na ocasião, foram relatadas condutas incompatíveis dos gestores, como as exigências de prorrogação da jornada de trabalho, horas extras constantes e habituais, abuso da cobrança de metas com ameaças, inclusive com retirada da função e transferência. A reunião foi presidida pelos diretores do sindicato Jair dos Santos e Flávio Oswaldo do Prado.

A determinação do MPT, sem dúvida, é uma vitória dos trabalhadores. Agora, é fundamental que cada empregado fiscalize a implementação das medidas estabelecidas. Caso a CEF descumpra ou implante parcialmente as determinações do MPT, avise o sindicato.

Postado por Diretoria de Imprensa
Sindicato dos Bancários de SJCampos

Notícias Relacionadas

Caixa propõe usar GDP na Promoção por Mérito

Na terceira rodada de negociação, Caixa rejeita proposta apresentada pelos representantes dos empregados e insiste na utilização da GDP O Grupo de Trabalho (GT) sobre Promoção por Mérito na Caixa Federal se reuniu ontem (29) com representantes do banco para a terceira reunião sobre o tema. A primeira ocorreu no último dia 10 e a […]

Leia mais

Vitória da Categoria: PL 1043 é retirado da pauta de votação

Projeto de Lei que autoriza a abertura das agências e o trabalho bancário aos sábados, domingos e feriados foi retirado da pauta de votação na CDC da Câmara dos Deputados; pressão da categoria foi fundamental O Projeto de Lei 1.043/2019, que autoriza a abertura de agências e o trabalho bancário aos sábados domingos e feriados foi […]

Leia mais

COE Bradesco discute minuta específica com Banco

Representantes reforçaram importância da liberação do auxílio academia Gympass Representantes dos empregados do Bradesco estiveram nesta terça-feira (29) reunidos com o banco para tratar da minuta específica. Entre as pautas foram tratadas questões relacionadas a melhorias no emprego, na educação e na saúde e bem-estar do funcionário. Durante a reunião representantes da Comissão de Organização […]

Leia mais

Sindicatos filiados