Sindicato chinês visita sede da UGT

07.11.2013

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, recebeu a delegação do Shanghai Municipality Trade Union Council (SMTUC) – um sindicato de trabalhadores do município de Xangai, na manhã desta terça-feira (05), em São Paulo. Em nome do sindicato chinês, o vice-presidente Zhou Zhijun, agradeceu a recepção dos sindicalistas brasileiros e disse estar […]

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, recebeu a delegação do Shanghai Municipality Trade Union Council (SMTUC) – um sindicato de trabalhadores do município de Xangai, na manhã desta terça-feira (05), em São Paulo.

Em nome do sindicato chinês, o vice-presidente Zhou Zhijun, agradeceu a recepção dos sindicalistas brasileiros e disse estar muito feliz com a parceria que teu sindicato tem com a UGT, porque esta união fortalece a classe trabalhadora.

Ricardo Patah falou da importância que este intercambio representa para a UGT, afirmado que a troca de experiências entre os dois países permite uma visão ampliada do universo do trabalhador. Alegando que aqui no Brasil a UGT atua não só nas questões acerca do trabalho, mas investe em ações que capazes de influir nas práticas públicas.
Na oportunidade, Patah falou sobre o nascimento da UGT que nasceu da junção de centrais sindicais com o espírito agregador, permitindo que as atividades da União Geral dos Trabalhadores enxerguem o trabalhador na sua totalidade.

Lourenço Ferreira do Prado, vice-presidente da UGT e presidente da Confederação dos Trabalhadores nas Empresas de Credito (CONTEC), relembrou que esta parceria com o sindicato chinês e com a UGT sempre existiu e que é fundamental para a UGT o contato do Brasil com os demais representantes estrangeiros, sobretudo os que fazem parte do BRICS (Brasil, Rússia, China e África do Sul) porque assim como o capital o trabalho também é mundial. “Portanto precisamos ter interlaces com vários sindicatos do mundo todo para, justamente, fazer um trabalho melhor e mais produtivo”, afirmou Lourenço.

Neste encontro na sede da UGT estiveram presentes, ainda, o secretário de Organização e Políticas Sindicais, Francisco Pereira de Sousa Filho (Chiquinho), o 1º secretário adjunto de Publicidade e Marketing Institucional, Marcos Gimenez Queiroz, o diretor da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, João Analdo de Souza. E, da delegação chinesa, estiveram Song Zhen, Liu Weixin, Zhang Gang e Guan Yimin.

Por Giselle Corrêa, da redação da UGT 

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados