Sindicato de Franca beneficia funcionários do BB com a ação do anuênio

20.02.2013

No ano 2.000 o Sindicato dos Bancários de Franca ingressou com uma ação judicial contra o Banco do Brasil, que à época, de maneira arbitrária, deixou de pagar os anuênios aos seus funcionários. Quase treze anos se passaram e finalmente os participantes da ação começaram a colher os frutos da decisão favorável ao Sindicato, que […]

No ano 2.000 o Sindicato dos Bancários de Franca ingressou com uma ação judicial contra o Banco do Brasil, que à época, de maneira arbitrária, deixou de pagar os anuênios aos seus funcionários.

Quase treze anos se passaram e finalmente os participantes da ação começaram a colher os frutos da decisão favorável ao Sindicato, que impediu que os direitos dos funcionários do Banco do Brasil fossem suprimidos arbitrariamente.

No holerith deste mês os anuênios foram incorporados aos salários, conforme determinação da justiça. “O BB cumpriu em parte a decisão judicial, já que a incorporação deveria ter ocorrido no mês de dezembro de 2012. Nossa advogada na ação já está tomando as providências para que a decisão seja integralmente cumprida”, afirmou o Secretário de Imprensa do Sindicato Rogério Marques.

O perito nomeado pela Justiça do Trabalho irá, a partir da incorporação da verba nos salários, iniciar os cálculos dos valores atrasados, trabalho que deve se prolongar ainda por alguns meses.

“Acreditamos que ainda neste ano dezenas de participantes da ação, tanto da ativa quanto aposentados, das cidades de Franca, Pedregulho e Patrocínio Paulista já recebam seus atrasados. Com isso, mais um capítulo do nosso histórico de lutas em defesa dos bancários foi registrado na data de hoje”, afirmou o presidente do Sindicato Edson Santos.

Os anuênios foram lançados no espelho do mês – Verba 127.

Fonte: Seeb Franca 

 

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados