Sindicato de Franca participa de reunião com CONTEC e o banco Itaú

31.03.2015

O Sindicato dos Bancários de Franca e Região participou na última sexta-feira (27), em São Paulo, de reunião com o Itaú. O encontro foi agendado pela CONTEC (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito) e contou com a participação de dirigentes sindicais de todo o país. Logo no início da reunião, e em virtude […]

O Sindicato dos Bancários de Franca e Região participou na última sexta-feira (27), em São Paulo, de reunião com o Itaú. O encontro foi agendado pela CONTEC (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito) e contou com a participação de dirigentes sindicais de todo o país.

Logo no início da reunião, e em virtude da complexidade do tema saúde e de suas inúmeras demandas, a CONTEC reivindicou ao banco que seja agendada uma negociação específica sobre o assunto no mês de abril. Os representantes da empresa se comprometeram a marcar a reunião com o diretor da área e informarão em breve a CONTEC.

O banco informou que o reembolso do valor das consultas foi alterado de R$ 80,00 para R$ 150,00 e que a data base para alterar a categoria do plano de saúde é março, ou seja, os funcionários têm até esta terça-feira (31) para fazer qualquer mudança. O Itaú manifestou o desejo de alterar o plano de saúde dos novos funcionários, porém sem dar maiores detalhes da mudança. Este assunto também fará parte da pauta da reunião específica sobre saúde.

Os representantes da CONTEC questionaram o banco a respeito das revistas que os funcionários estão sendo submetidos em alguns locais de trabalho.
O banco afirmou que trata-se da implantação de um projeto piloto denominado “Saída Segura”, que está sendo testado em agências Personnalité. Segundo o Itaú, o projeto visa proteger a integridade dos funcionários contra sequestros, pois impede que os trabalhadores saiam das agências com grandes quantias em dinheiro. Os representantes dos funcionários afirmaram que a revista a que os empregados são submetidos causa grandes constrangimentos e provoca sentimento de humilhação. Após várias ponderações sobre o assunto, o banco se comprometeu a encaminhar para a CONTEC uma cartilha do projeto, contendo os procedimentos que gestores e seguranças são orientados a adotarem visando à segurança do funcionário, mas ao mesmo tempo, evitar situações constrangedoras.

Ainda sobre o tema segurança, o banco informou que em breve as agências serão dotadas de câmeras de monitoramento nas áreas externas e que uma reunião específica sobre o assunto também será agendada para o mês de abril.

Sobre as demissões que continuam ocorrendo em grande número no Itaú, o banco argumentou que tratam-se de casos relacionados a desempenho, não descartando também o fechamento de agências deficitárias. “É lamentável que o Itaú, banco que registrou o maior lucro em 2014, não valorize o trabalho e esforço de seus funcionários, adotando a nefasta prática de demitir e fechar agências quando melhor lhe convier”, disse o diretor do Sindicato Aguinaldo Bernabé, que participou da reunião acompanhado do vice-presidente Osório Carbone e dos diretores José Maria e Denizar Paixão (Batata).
Será agendada uma negociação em breve para discutir o PCR.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Franca e Região

 

 

Notícias Relacionadas

Proposta sobre Teletrabalho vai avançar

Reivindicações da categoria avançam nas negociações sobre trabalho remoto, mas Comando dos Bancários cobra agilidade na resposta sobre a proposta global A proposta da categoria bancária para o trabalho remoto avançou nas negociações realizadas na tarde desta quinta-feira (11) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). “Tivemos evolução no Teletrabalho que se torna cláusula da […]

Leia mais

Caixa se nega a criar GT para discutir contencioso da Funcef

Banco avalia que o tema já é tratado pela própria fundação de previdência dos trabalhadores Em reunião de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, realizada nesta quarta-feira (10), com a Comissão Executiva dos Empregados (CEE), a Caixa Econômica Federação se negou a atender a reivindicação para que seja criado um grupo de trabalho (GT) […]

Leia mais

Atos pela democracia ocorrem em todo o País e reafirmam o compromisso contra o autoritarismo

Data de 11 de agosto marca a leitura de um manifesto contra ditadura militar em 1977 Brasileiros de inúmeras regiões do País realizaram nesta quinta-feira (11), atos em defesa do estado democrático de direito. Milhares de entidades representativas foram às ruas manifestar a defesa pela garantia da democracia e do sistema eleitoral eletrônico. A data […]

Leia mais

Sindicatos filiados