Sindicato de Naviraí paralisa agência do Bradesco em Iguatemi por 48 horas após assalto e exige segurança

26.09.2013

Após assalto ocorrido nesta quarta-feira na agência do Bradesco em Iguatemi, o Sindicato dos Bancários de Navirái (MS), por meio de seu presidente, Moacir Januário Fogaça, e do Secretário de Finanças, Adilton Massao Hara, paralisou por 48 horas os serviços da agência, para exigir do banco a adoção de medidas que previnam os assaltos. O presidente […]

Após assalto ocorrido nesta quarta-feira na agência do Bradesco em Iguatemi, o Sindicato dos Bancários de Navirái (MS), por meio de seu presidente, Moacir Januário Fogaça, e do Secretário de Finanças, Adilton Massao Hara, paralisou por 48 horas os serviços da agência, para exigir do banco a adoção de medidas que previnam os assaltos. O presidente do sindicato protocolou um documento cobrando do banco algumas medidas de segurança, sendo uma delas imediata instalação de porta giratória.

O assalto
Quatro homens fortemente armados roubaram a agência do banco Bradesco em Iguatemi. Durante a ação, um caixa chegou a ser agredido. Segundo informações da Polícia Civil da cidade, o roubo ocorreu por volta das 15h30 de hoje (25), perto do horário de fechamento da agência. Os criminosos entraram pelos fundos do banco e imediatamente anunciou o assalto, rendendo seguranças e funcionários. Um caixa foi agredido com coronhadas, mas passa bem.

A quantia roubada não foi revelada pela Polícia, que somente informou que o “valor foi alto”. O grupo também levou um computador, que continha as imagens do sistema de videomonitoramento da agência. 

Fonte: Sindicato dos Bancários de Naviraí

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados