Sindicato de Piracicaba critica a omissão da prefeitura em fiscalizar a lei dos biombos

09.11.2012

Um empresário de 28 anos foi abordado ontem (8) por dois homens em uma motocicleta que roubaram R$ 10 mil que ele levava ao sair de uma agência do banco Bradesco, na avenida Carlos Botelho, no bairro São Dimas, em Piracicaba. De acordo com levantamento do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, o Bradesco […]

Um empresário de 28 anos foi abordado ontem (8) por dois homens em uma motocicleta que roubaram R$ 10 mil que ele levava ao sair de uma agência do banco Bradesco, na avenida Carlos Botelho, no bairro São Dimas, em Piracicaba. De acordo com levantamento do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, o Bradesco está entre os bancos da cidade que ainda não iniciaram a instalação de biombos nas agências para oferecer mais segurança ao cliente que saca dinheiro na boca do caixa.

Segundo o presidente do Sindicato e também vereador, José Antonio Fernandes Paiva, a prefeitura não tem fiscalizado a lei 6643 de 2009 de sua autoria, que obriga as agências bancárias a isolarem visualmente o atendimento de seus usuários das pessoas que aguardam atendimento na fila. “É comprovada que a instalação desses biombos inibe a ação de marginais, pois não tem como as pessoas olharem que tipo de serviço o cliente está utilizando no caixa”, salientou.

Para reforçar a segurança, além dos biombos, a lei determina a distância mínima de dois metros o espaço entre os caixas em operação e o local onde as pessoas aguardam para serem atendidas.

Segundo levantamento da Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), somente no primeiro semestre desse ano, 27 pessoas morreram no país com ocorrências relacionadas a movimentação bancária, sendo que 14 delas foram da chamada “saidinha de banco”. Do total de mortes 57% eram clientes, 11% policiais, 18% vigilantes, 4% policiais e 11% transeuntes. Esses números revelam ainda que houve um aumento de 17% de mortes em relação ao mesmo período de 2011.

De acordo com matéria publicada no G1, a Polícia Civil informou que a vítima havia acabado de sacar o dinheiro de uma agência do Bradesco quando foi abordada pela dupla. O caso é investigado pelo 1° Distrito Policial (DP) de Piracicaba.

Informações do boletim de ocorrência relatam que o empresário foi ameaçado pelo garupa da moto quando deixou a agência. O suspeito estava armado com um revólver. Após o roubo, a dupla fugiu. Por enquanto, não existem pistas sobre os ladrões. O dinheiro ainda não foi recuperado.

Segundo Paiva, o objetivo de criar essa lei é para dificultar essa observação e planejamento dos criminosos, no intuito de diminuir essa abordagem brutal, assustadora e constrangedora, que além de trazer danos materiais aos cidadãos, tem também ceifado a vida de inocentes, pois para atingir seus objetivos o assaltante não se preocupa com as consequências. “Queremos que a prefeitura cumpra seu papel, que é de fiscalizar as leis em vigor em nossa cidade”, enfatizou.

Se as fiscalizações fossem constantes, os bancos que não cumprissem a lei da instalação dos biombos estariam sujeitos a multas de R$ 5.000, dobrando o valor a partir da segunda obstrução até terem o alvará se funcionamento suspenso.

Fonte: SEEB Piracicaba

Notícias Relacionadas

Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivindicações à Fenaban no dia 18

No mesmo dia, trabalhadores do BB e da Caixa farão a entrega das minutas específicas de cada banco O Comando Nacional dos Bancários entregará à Federação Nacional do Bancos (Fenaban), na próxima terça-feira (18), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho […]

Leia mais

Bancários aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional 2024

Documento, que servirá de base à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, será entregue à Fenaban no próximo dia 18 Bancárias e bancários, de todo o Brasil, aprovaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (13), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Contraf-CUT pede informações à Caixa sobre PDV

Objetivo é garantir a transparência do processo e amenizar ansiedade dos trabalhadores A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou, nesta terça-feira (11), um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando informações sobre o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco. No ofício, a Contraf-CUT observa que “o prazo de adesão” ao PDV “se […]

Leia mais

Sindicatos filiados