Sindicato de Rio Preto fecha agências do HSBC em protesto contra demissões

23.04.2014

  O Sindicato dos Bancários fechou as quatro agências do banco HSBC em São José do Rio Preto em protesto contra as demissões que vem ocorrendo nessa instituição bancária. O movimento faz parte do Dia Nacional de Luta dos Funcionários, que exige que o HSBC respeite o Brasil, seus clientes e os 23 mil funcionários […]

 

O Sindicato dos Bancários fechou as quatro agências do banco HSBC em São José do Rio Preto em protesto contra as demissões que vem ocorrendo nessa instituição bancária. O movimento faz parte do Dia Nacional de Luta dos Funcionários, que exige que o HSBC respeite o Brasil, seus clientes e os 23 mil funcionários do banco.

Segundo Edemilson Favaron, diretor do Sindicato, a situação dos funcionários nunca esteve tão ruim desde que o HSBC adquiriu o Bamerindus e vem atuando há 17 anos no Brasil. O banco inglês não oferece, segundo os sindicalistas, os serviços de atendimento com a qualidade e respeito que seus clientes e usuários merecem. Por isso, ocorrem filas, demora no atendimento e na solução dos problemas.

Apesar de figurar em primeiro lugar no ranking, feito pela revista “Financial Times”, como um dos maiores bancos do mundo, acumulando patrimônio de 27,5 bilhões de dólares e lucro de 16,2 bilhões no ano passado, a política do HSBC no Brasil é a de reduzir custos. Somente nos três primeiros meses deste ano, 20 agências já foram fechadas no país e 142 funcionários dispensados.

Para aumentar ainda mais as incertezas, o HSBC iniciou mais um processo de mudanças no Brasil, que deve gerar ainda mais demissões, com a transformação de agências convencionais nas chamadas “agências de negócios”, com menor estrutura e praticamente sem funcionários para atender o público.
Em São José do Rio Preto o Sindicato fechou, durante todo o dia, o atendimento das agências do HSBC do centro, da avenida Nossa Senhora da Paz e da avenida Bady Bassitt. Ao todo cerca de 100 funcionários dessas agências ficaram sem atender o público.
 

Notícias Relacionadas

União faz a força dos trabalhadores e consagra o “22 de Maio por mais Direitos” em Brasília

23/05/2024 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em […]

Leia mais

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Bancários se preparam para Conferência Nacional da categoria

Consulta aos trabalhadores nas bases sindicais de todo o país e conferências estaduais e regionais servirão de subsídio para os debates nacionais que levarão à construção da pauta de reivindicações e da estratégia da Campanha Nacional 2024 Bancárias e bancários de todo o país se reúnem, em São Paulo, entre os dias 4 e 9 […]

Leia mais

Sindicatos filiados