Sindicato de Sorocaba faz manifestação contra demissões no Itaú

05.12.2020

O Sindicato dos Bancários de Sorocaba esteve hoje, dia 23 de maio, fazendo manifestação nas agências do banco Itaú do centro de Sorocaba, por motivo das demissões em massa que o banco está praticando há vários meses. Acompanhado de diretores do sindicato, o presidente Júlio Cesar Machado conversou com gerentes, funcionários e esclareceu a população […]

O Sindicato dos Bancários de Sorocaba esteve hoje, dia 23 de maio, fazendo manifestação nas agências do banco Itaú do centro de Sorocaba, por motivo das demissões em massa que o banco está praticando há vários meses. Acompanhado de diretores do sindicato, o presidente Júlio Cesar Machado conversou com gerentes, funcionários e esclareceu a população do problema enfrentado pelos bancários. 

Os diretores fecharam as agências para o atendimento ao público até às 11h, fixando faixas na porta e distribuindo folhetos explicativos à população e aos funcionários. Empunhando um microfone na porta do banco, Julio explicou à população que aguardava ser atendida, que o banco estava sendo injusto com seus funcionários, demitindo quem já estava há muitos anos na empresa, às vezes, já prestes a se aposentar.  “Não tem sido fácil ser funcionário do Itaú, pois desde a fusão com o Unibanco, em 2008, o banco tem adotado a política de demissões. Em menos de 4 anos, milhares de chefes de família  – homens e mulheres – foram dispensados injustamente. E mesmo assim, o Itaú continua sendo o maior banco do país”, disse.

Na região de Sorocaba, foram justamente os mais velhos de casa (Itaú e Unibanco) que perderam seus empregos, mesmo às vésperas de se aposentar. Os clientes do Itaú sentem na pele o que é a administração do banco, com perda de tempo em filas intermináveis por falta de funcionários. O banco é um dos principais reclamados junto ao Banco Central. “Os funcionários do Itaú Unibanco estão se manifestando em defesa da manutenção dos empregos e da qualidade de atendimento do cliente bancário. “Também estamos incentivando a população a reclamar do atendimento e da falta de divisórias nas agências, para que consigam um banco que os trate com mais dignidade, respeito e segurança”.


Fonte: Sindicato dos Bancários de Sorocaba 

Notícias Relacionadas

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Campanha Nacional: Bancários definem temas das próximas negociações com os bancos

Demissão em massa pelo Mercantil do Brasil no Rio de Janeiro; abono do banco de horas negativas e retirada de pauta do PL 1043/2019, também foram pautas do primeiro dia de negociação O Comando Nacional dos Bancários definiu nesta quarta-feira (22), os temas das reuniões de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados