Sindicato de Sorocaba protesta contra mudança no modelo de agência no Itaú

25.06.2014

A diretoria do sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região fez ontem, dia 24 de junho, um protesto em frente à agência do Itaú do hipermercado Extra, em Sorocaba. Segundo o banco, a agência será transformada em “Escritório de Negócios”, um modelo que prevê ausência de vigilantes e de portas giratórias, além da ausência de […]

A diretoria do sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região fez ontem, dia 24 de junho, um protesto em frente à agência do Itaú do hipermercado Extra, em Sorocaba. Segundo o banco, a agência será transformada em “Escritório de Negócios”, um modelo que prevê ausência de vigilantes e de portas giratórias, além da ausência de bancários – apenas alguns gerentes atuarão no local. Com uso de faixas, os dirigentes sindicais fizeram um abaixo assinado e colheram assinaturas da população contra a mudança de modelo da agência.

Conforme a visão do sindicato, esse modelo de agência prejudica o bancário e os clientes – enquanto um perde seu emprego, o outro perde a segurança. O presidente do sindicato, Júlio Cesar Machado, diz que o Itaú é o primeiro banco a transformar agência em escritório, que dispõe de caixas eletrônicos, mas sem bancários nos caixas, vigilantes e com uma equipe reduzida trabalhando.

De acordo com ele, 200 agências do Itaú no País já teriam sido mudadas para escritório de negócios e há projeto para outras 150. Ele acredita que outros bancos devem seguir essa tendência. “Geralmente, para uma mudança que gere demissões, um banco começa (a fazer mudanças) e, se não houver resistência, abre caminho para outros”, diz o presidente do sindicato.

De acordo com Julio, o escritório de negócios contraria a Lei Federal 7.102/83, que regulamenta a segurança bancária e também a Lei Municipal 5.650/98, que obriga a instalação de portas giratórias. A mudança, a partir de uma reforma no local, eliminaria itens de segurança. Segundo o presidente do sindicato, isso também contraria o plano de segurança de cada agência, que conforme a Lei Federal, tem de ser aprovado pela Polícia Federal.

Procurado pela imprensa sorocabana, o Itaú informou em nota que "os pontos de atendimento são um novo modelo com foco em prestar assessoria financeira aos clientes, orientando-os de maneira especializada na contratação dos produtos e serviços mais adequados a suas necessidades e perfis." O banco não respondeu, no entanto, outras questões feitas pela imprensa sobre o número de agências que já foram transformadas em escritórios de negócios, quantas devem passar pela mudança e quais as diferenças em relação à segurança, bem como, quantas agências em Sorocaba e região, devem passar pela mudança.

Juliana Alonço – Sindicato dos Bancários de Sorocaba

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados