Sindicato dos Bancários de Franca obtém vitória na justiça para os assistentes do BB

01.04.2015

Os Assistentes A UN do Banco do Brasil receberam uma grande notícia nesta terça-feira (31/03) O Juiz da 1ª Vara do Trabalho de Franca, Dr. Alexandre Alliprandino Medeiros, proferiu sentença favorável aos bancários que exercem esta função no BB, integrantes da ação ajuizada pelo Sindicato contra o banco. Na ação, o advogado do Sindicato Dr. […]

Os Assistentes A UN do Banco do Brasil receberam uma grande notícia nesta terça-feira (31/03)

O Juiz da 1ª Vara do Trabalho de Franca, Dr. Alexandre Alliprandino Medeiros, proferiu sentença favorável aos bancários que exercem esta função no BB, integrantes da ação ajuizada pelo Sindicato contra o banco.

Na ação, o advogado do Sindicato Dr. Antônio Carlos Saraúza, pleiteou a redução da jornada de trabalho dos Assistentes A UN de 8 para 6 horas sem redução salarial, em virtude de não exercerem cargo de chefia e também o pagamento das 7ª e 8ª horas como extras no período de exercício na função, até o transito em julgado da ação (parcelas vencidas e vincendas – de 2008 até o final da ação).

O magistrado entendeu que a função de Assistente não é cargo de chefia e sim meramente operacional (cargo técnico), não enquadrando-se, portanto, na exceção prevista no parágrafo 2º do artigo 224 da CLT. O juiz reconheceu também a legitimidade do Sindicato em representar os bancários na ação coletiva.
Diante das alegações do Sindicato, a Justiça determinou que os detentores da função de Assistentes A UN tenha a sua jornada de trabalho reduzida para seis horas sem redução salarial, que sejam pagas como horas-extras as 7ª e 8ª horas vencidas (período não prescrito, ou seja, a partir de 06/12/2008) e vincendas (até o transito em julgado da ação) e também o pagamento de diferenças para quem migrou para a jornada de seis horas e fez acordo na CCP (nesses casos serão abatidos os valores recebidos a título de transação), também sem redução de salário.
O banco tem dez dias após o transito em julgado da ação para enquadrar os Assistentes A UN na jornada de seis horas sob pena de multa de R$ 500,00 por dia de atraso em favor de cada trabalhador prejudicado.

Foram beneficiados os trabalhadores de Franca, Itirapuã, Patrocínio Paulista, São José da Bela Vista, Ribeirão Corrente e Pedregulho.

Confira abaixo a parte dispositiva da sentença:

“…Isso posto, o Juízo da 1ª Vara do Trabalho de Franca/SP rejeita as preliminares, rejeita o pedido de pronunciamento da prescrição total, pronuncia a prescrição quinquenal, declarando a inexigibilidade judicial dos direitos anteriores a 6.12.2008 e, no mérito propriamente dito, ACOLHE, EM PARTE, os pedidos, para declarar que os empregados substituídos, que atuam ou atuaram na função “Assistente A em Unidade de Negócios” não exercem cargo de confiança e, por conseguinte, devem se ativar em jornada de seis horas (caput, art. 224 da CLT) e, no mais, condenar o reclamado BANCO DO BRASIL S.A a pagar aos empregados que se enquadram nessa situação, substituídos nestes autos pelo SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS DE FRANCA E REGIÃO a importância correspondente às seguintes verbas, observados os estritos termos da fundamentação, que integra este dispositivo para todos os efeitos legais, inclusive a possibilidade de eventual dedução em razão da acordos extrajudiciais firmados:

– horas extras e reflexos….”

Fonte: Sindicato dos Bancários de Franca e Região
 

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados