Sindicatos terão até a próxima quinta-feira (14) para realizar as plenárias

13.10.2021

Plenárias avaliarão proposta do Saúde Caixa Entidades sindicais terão até o próximo dia 14 de outubro de 2021, quinta-feira, para realizar plenárias virtuais sobre o Saúde Caixa e condições de trabalho. “Cada Sindicato poderá organizar seus eventos da maneira mais apropriada à realidade local”, explica Reginaldo Breda, secretário geral da Federação dos Bancários dos Estados […]

Plenárias avaliarão proposta do Saúde Caixa

Entidades sindicais terão até o próximo dia 14 de outubro de 2021, quinta-feira, para realizar plenárias virtuais sobre o Saúde Caixa e condições de trabalho. “Cada Sindicato poderá organizar seus eventos da maneira mais apropriada à realidade local”, explica Reginaldo Breda, secretário geral da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Feeb SP/MS, as plenárias apreciarão as propostas construídas a partir de grupos de trabalho e da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE Caixa).

Nos últimos meses, a CONTRAF/FEEB-SPMS, através da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa – CEE/CAIXA, vem debatendo e levando à negociação os temas alusivos ao plano de assistência médica dos empregados do banco e condições de trabalho. As plenárias objetivam o aprofundamento e a socialização de informações junto aos trabalhadores.

Outros detalhamentos e orientações para a realização das Plenárias Virtuais serão informados pela Feeb SP/MS.

Para o representante da Feeb SP/MS, Carlos Augusto Pipoca, as discussões são extremamente necessárias para explicar aos empregados como está o embate com a Caixa na defesa do plano de assistência à saúde.

“Contamos com a mobilização de todos para a discussão da pauta, que é imprescindível para a categoria. Para isso, pedimos a união de todos, tanto empregados ativos como aposentados”, destaca.

Entenda o modelo de custeio
O modelo de custeio Saúde Caixa atual é o 70/30 (70% dos custos arcados pelo banco e 30% pelos empregados) e tem como base a solidariedade, o mutualismo e o pacto intergeracional – princípios fundamentais para manter o Saúde Caixa viável e justo para todos. A Caixa, por sua vez, sugere como modelo de plano de saúde, a individualização da mensalidade e a cobrança por faixa etária, como previa a derrotada Resolução 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR 23).

 

Notícias Relacionadas

Santanderprevi: Alteração de perfil de investimento pode ser feita até 18 de março

Participantes têm prazo para ajustar preferências de investimento, com vigência a partir de 1º de abril Os participantes do Santanderprevi têm até o dia 18 de março para alterar seu perfil de investimento, com vigência a partir de 1º de abril. Se nenhuma mudança for solicitada, o perfil será mantido. Os perfis disponíveis são conservador […]

Leia mais

Representantes da Feeb SP/MS prestigiam homenagem aos 70 anos do Sindicato dos Bancários de Campinas

Sessão na Câmara Municipal de Campinas celebrou a data com a presença de autoridades políticas, sindicalistas e membros da comunidade Representantes da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participaram da homenagem feita pela Câmara dos Vereadores de Campinas ao Sindicato dos Bancários de […]

Leia mais

SANTANDER: Banco anuncia avanços em reunião com representantes dos funcionários

Negociações com a COE avança em medidas de benefício e capacitação O Santander anunciou nesta quinta-feira (22), durante a reunião com representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE) Santander, avanços em medidas que beneficiam os funcionários. O encontro ocorreu em formato híbrido e contou com a participação de representantes dos funcionários e do banco. […]

Leia mais

Sindicatos filiados