Sindicatos terão até a próxima quinta-feira (14) para realizar as plenárias

13.10.2021

Plenárias avaliarão proposta do Saúde Caixa Entidades sindicais terão até o próximo dia 14 de outubro de 2021, quinta-feira, para realizar plenárias virtuais sobre o Saúde Caixa e condições de trabalho. “Cada Sindicato poderá organizar seus eventos da maneira mais apropriada à realidade local”, explica Reginaldo Breda, secretário geral da Federação dos Bancários dos Estados […]

Plenárias avaliarão proposta do Saúde Caixa

Entidades sindicais terão até o próximo dia 14 de outubro de 2021, quinta-feira, para realizar plenárias virtuais sobre o Saúde Caixa e condições de trabalho. “Cada Sindicato poderá organizar seus eventos da maneira mais apropriada à realidade local”, explica Reginaldo Breda, secretário geral da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Feeb SP/MS, as plenárias apreciarão as propostas construídas a partir de grupos de trabalho e da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE Caixa).

Nos últimos meses, a CONTRAF/FEEB-SPMS, através da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa – CEE/CAIXA, vem debatendo e levando à negociação os temas alusivos ao plano de assistência médica dos empregados do banco e condições de trabalho. As plenárias objetivam o aprofundamento e a socialização de informações junto aos trabalhadores.

Outros detalhamentos e orientações para a realização das Plenárias Virtuais serão informados pela Feeb SP/MS.

Para o representante da Feeb SP/MS, Carlos Augusto Pipoca, as discussões são extremamente necessárias para explicar aos empregados como está o embate com a Caixa na defesa do plano de assistência à saúde.

“Contamos com a mobilização de todos para a discussão da pauta, que é imprescindível para a categoria. Para isso, pedimos a união de todos, tanto empregados ativos como aposentados”, destaca.

Entenda o modelo de custeio
O modelo de custeio Saúde Caixa atual é o 70/30 (70% dos custos arcados pelo banco e 30% pelos empregados) e tem como base a solidariedade, o mutualismo e o pacto intergeracional – princípios fundamentais para manter o Saúde Caixa viável e justo para todos. A Caixa, por sua vez, sugere como modelo de plano de saúde, a individualização da mensalidade e a cobrança por faixa etária, como previa a derrotada Resolução 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR 23).

 

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados