Suspensão de contribuição o Prevmais

25.06.2020

O Economus está divulgandoem seu site que os participantes ativos do Prevmais podem suspender todas as contribuições ao plano, como alternativa para enfrentar eventual dificuldade financeira. Pelo estatuto, a suspensão pode ser de 3 meses até 1 ano. Esclarece que quem optar por suspender os pagamentos fica sem cobertura de risco, ou seja, fica sem […]

O Economus está divulgandoem seu site que os participantes ativos do Prevmais podem suspender todas as contribuições ao plano, como alternativa para enfrentar eventual dificuldade financeira. Pelo estatuto, a suspensão pode ser de 3 meses até 1 ano.

Esclarece que quem optar por suspender os pagamentos fica sem cobertura de risco, ou seja, fica sem cobertura por eventual morte ou invalidez. Reafirmando, se ocorrer a morte ou invalidez durante o período de suspensão o participante perde o direito a complementação da aposentadoria. Vai ter direito ao saldo que tiver na sua conta do prevmais. Mas é preciso ressaltar que muitos tem benefício saldado do plano antigo, e o risco está todo no novo plano. Além disso, o período de suspensão não conta para efeito de complementação da aposentadoria e o Banco também deixa de fazer as suas contribuições.

Portanto, isso significa uma perda muito grande para o participante. Além de ficar exposto ao risco que não é mais coberto, o participante está abrindo mão de uma poupança que rende 100% no ato da sua contribuição.

Explicando: Se o participante contribui com R$ 400,00 por mês, o banco deposita mais R$ 400,00 o que dá um total de R$ 9.600,00 num ano. Com a suspensão você deixa de ter isso na sua conta para economizar R$ 4.800,00.
Fazemos este esclarecimento para alertar a todo participante para não utilizar esta opção. Existem outras alternativas para enfrentar eventuais dificuldades financeiras.

Abraço a todos.
 
David Zaia
Vice-presidente da FEEB 

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quarta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados