Teto da aposentadoria do INSS é reajustado em 6,15%

09.01.2013

Por Azelma Rodrigues BRASÍLIA – O teto da aposentadoria paga pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi reajustado em 6,15% e passa de R$ 3.916,20 a R$ 4.157,05. E o valor mínimo dos benefícios da Previdência Social a trabalhadores da inciativa privada é equivalente ao novo salário mínimo, de R$ 678. Os valores valem […]

Por Azelma Rodrigues

BRASÍLIA – O teto da aposentadoria paga pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi reajustado em 6,15% e passa de R$ 3.916,20 a R$ 4.157,05.

E o valor mínimo dos benefícios da Previdência Social a trabalhadores da inciativa privada é equivalente ao novo salário mínimo, de R$ 678. Os valores valem desde 1º de janeiro.

É o que determina portaria interministerial da Previdência e Fazenda, publicada na edição de hoje do "Diário Oficial da União".

O reajuste será incorporado aos benefícios de janeiro, pagos em fevereiro.

O maior salário de contribuição previdenciária também será de R$ 4.157,05.

Todos os demais benefícios pagos pelo INSS, além da aposentadoria, foram reajustados em 6,15%.

A portaria determina que o maior valor de benefício pago automaticamente pelo INSS será de R$ 83.141,00. Acima disso, gerentes-executivos do órgão terão que autorizar.

Fonte: Valor Econômico

Notícias Relacionadas

Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivindicações à Fenaban no dia 18

No mesmo dia, trabalhadores do BB e da Caixa farão a entrega das minutas específicas de cada banco O Comando Nacional dos Bancários entregará à Federação Nacional do Bancos (Fenaban), na próxima terça-feira (18), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho […]

Leia mais

Bancários aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional 2024

Documento, que servirá de base à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, será entregue à Fenaban no próximo dia 18 Bancárias e bancários, de todo o Brasil, aprovaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (13), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Contraf-CUT pede informações à Caixa sobre PDV

Objetivo é garantir a transparência do processo e amenizar ansiedade dos trabalhadores A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou, nesta terça-feira (11), um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando informações sobre o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco. No ofício, a Contraf-CUT observa que “o prazo de adesão” ao PDV “se […]

Leia mais

Sindicatos filiados