UGT quer punição dos responsáveis por tragédia no Rio Grande do Sul

28.01.2013

A morte de mais de 230 jovens no incêndio da boate Kiss, no centro de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, na madrugada de domingo, é um momento de tristeza para o País, e para nós da União Geral dos Trabalhadores – UGT, também de reflexão.  Nós, da UGT e toda a sociedade, estamos […]

A morte de mais de 230 jovens no incêndio da boate Kiss, no centro de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, na madrugada de domingo, é um momento de tristeza para o País, e para nós da União Geral dos Trabalhadores – UGT, também de reflexão. 

Nós, da UGT e toda a sociedade, estamos indignados, pois uma tragédia que poderia ter sido evitada, tem como pano de fundo a ganância dos empresários pelo lucro e a irresponsabilidade dos órgãos responsáveis pela fiscalização do local.

Pelas informações do Corpo de Bombeiros, havia mais de 2 mil jovens na casa, participando de uma festa universitária, quando sua lotação máxima é de pouco mais de mil pessoas. Além disso, durante o incêndio, muitos adolescentes foram impedidos pelos seguranças de deixar o local por não apresentarem o comprovante de pagamento da conta. Confirmadas essas informações está caracterizado um crime, cujos responsáveis devem ser duramente penalizados.

O incêndio, de acordo com o Corpo de Bombeiros, aconteceu pelo uso irregular de um sinalizador durante o show de uma banda. O incêndio teria começado às 2h30 da madrugada após uma faísca atingir o teto de isolamento acústico da boate. Autoridades dizem que o número de mortos pode aumentar.

Diante de tamanha tragédia, a UGT se vê na obrigação de acompanhar de perto toda a investigação para a apuração dos fatos, responsabilizar e exigir punição dos responsáveis. Além disso, lançamos um alerta para que, lamentavelmente, essa tragédia sirva de reflexão aos empresários do ramo de diversão, de que a ganância pelo lucro pode levar muita dor a milhares de famílias. 

Fonte: UGT

Notícias Relacionadas

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Bancários se preparam para Conferência Nacional da categoria

Consulta aos trabalhadores nas bases sindicais de todo o país e conferências estaduais e regionais servirão de subsídio para os debates nacionais que levarão à construção da pauta de reivindicações e da estratégia da Campanha Nacional 2024 Bancárias e bancários de todo o país se reúnem, em São Paulo, entre os dias 4 e 9 […]

Leia mais

Lucro da Caixa cresceu 49% no 1º trimestre de 2024

Com 1,56 milhão de novos clientes e 168 empregados a menos no quadro de pessoal, aumenta também a sobrecarga A Caixa Econômica Federal anunciou na noite de quarta-feira (15) um lucro líquido recorrente de R$ 2,88 bilhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 49,1% em comparação ao mesmo período de 2023 e de 0,5% em relação […]

Leia mais

Sindicatos filiados