União faz a força dos trabalhadores e consagra o “22 de Maio por mais Direitos” em Brasília

23.05.2024

23/05/2024 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em […]

23/05/2024
A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em prol do emprego decente, da redução de impostos, de mais proteção ao meio ambiente, entre outras pautas.

“O que mais me chamou a atenção foi ver a união dos trabalhadores, tanto do setor público, quanto privado, para debater temas importantes da classe e também para dialogar com o Governo Federal. É sinônimo da força dos trabalhadores conquistada em anos de luta”, diz Lourival.

Depois da realizar a plenária, os participantes caminharam até a Esplanada dos Ministérios, com entrega do documento aos líderes do Legislativo, Judiciário e em ministérios do Governo Federal, a fim de abrir diálogo com estes, além de criar uma agenda permanente de mobilização em defesa dos trabalhadores.

Ano de Campanha

Lourival destacou a participação maciça dos representantes dos trabalhadores do ramo financeiro, representados pela Contraf-CUT e Federações e Sindicatos de Bancários de vários estados brasileiros, especialmente neste ano de 2024, quando a categoria bancária negocia a renovação de sua Convenção Coletiva de Trabalho – a data base é 1º de setembro.

“União e força são palavras chaves em ano de campanha salarial quando o trabalho do movimento sindical é ainda mais relevante na defesa dos direitos dos trabalhadores, incluindo a negociação para aumentos reais de salários e para a manutenção de benefícios como a PLR (participação nos lucros e resultados), que é uma conquista da luta dos Sindicatos”, disse..

Ministério da Fazenda

Também nesta quarta-feira, dia 22/05, em Brasília, representantes dos trabalhadores do ramo financeiro, incluindo integrantes da Contraf-CUT, e do Comando Nacional, foram recebidos no Ministério da Fazenda por um representante do ministro Fernando Haddad.

O encontro foi pautado pela entrega de um documento sobre os impactos da Fintechs para o ramo financeiro, incluindo riscos aos seus trabalhadores, que não são representados pelos Sindicatos dos Bancários.

(Foto: Diogo Zacarias/MF)

A discussão sobre o tema, vale lembrar, vem se agravando nos últimos anos, considerando que as Fintechs, que possuem tributação bem mais baixa quando comparada às dos Bancos, por exemplo, contribuem para a precarização dos trabalhadores, com contratações sem vínculos, sem diretos e mesmo sem as regulamentações de outros setores do ramo financeiro.

“O documento é um pedido para que o Governo olhe para as fintechs e seus impactos e tome medidas para se combater a concorrência desleal que representam”, diz Lourival .

Confira abaixo pauta de reivindicações da classe trabalhadora do 22 de Maio:

  • Pela reconstrução do estado do Rio Grande do Sul e por medidas de proteção e amparo a seus trabalhadores e trabalhadoras;
  • Educação: Revogação do Novo Ensino Médio;
  • Valorização do Serviço Público: Contra a PEC 32/Reforma Administrativa;
  • Em defesa da Convenção 151/defesa da negociação coletiva;
  • Trabalho decente: redução da jornada de trabalho e empregos decentes;
  • Salário igual para trabalho igual – Em defesa da lei de igualdade salarial entre homens e mulheres;
  • Reforma agrária e alimento no prato;
  • Menos impostos para trabalhadores: juros baixos e correção da tabela de imposto de renda;
  • Valorização do salário-mínimo e das aposentadorias;
  • Transição justa e ecológica em defesa da vida;
  • Em defesa do PLC 12/24, por Direitos dos Motoristas por Aplicativos.

(Texto elaborado com informações da Contraf-CUT)

Notícias Relacionadas

Feeb SP/MS participa de 51º Encontro Nacional CONTEC

Evento em Uberlândia debateu temas de interesse da categoria bancária e aprovou pautas de reivindicações para a Campanha Nacional dos Bancários. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, representada por seus sindicatos filiados, marcou presença no 51º Encontro Nacional Contec, realizado nos dias 20 e 21 de junho, […]

Leia mais

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Sindicatos filiados