Vice-presidente do SEEB de Campinas e Região toma posse na Contraf

05.12.2020

Mauri Sérgio, vice-presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, tomou posse como diretor executivo da Contraf-CUT no último dia 4, em solenidade realizada no Espaço Mansão Habaya, em São Paulo. O evento contou com a participação de dezenas de sindicatos, federações e associações dos bancários de todo país, além de dirigentes da CUT […]



Mauri Sérgio, vice-presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, tomou posse como diretor executivo da Contraf-CUT no último dia 4, em solenidade realizada no Espaço Mansão Habaya, em São Paulo.

O evento contou com a participação de dezenas de sindicatos, federações e associações dos bancários de todo país, além de dirigentes da CUT e de entidades sindicais de outras categorias, parlamentares, funcionários, assessores e outras representações. A nova diretoria foi eleita no 3º Congresso da Confederação, realizado entre os dias 30 de março e 1º de abril último, em Guarulhos. Carlos Cordeiro foi reeleito presidente da Contraf-CUT. O mandato é até o dia 14 de abril de 2015.

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados